Carol W

Pra mim, parece que faço arte desde que nasci. A arte faz tanta parte de quem sou, que parece que sempre existiu na minha vida. Na verdade, posso dizer que sempre existiu sim de alguma forma, pois cresci vendo minha mãe costurar e tricotar lindas roupas para mim e para minhas irmãs e brinquei demais com as bonecas de pano que ela fazia pra gente. Meu pai, jornalista e muito interessado no mundo da arte, sempre me mostrou novos ilustradores, cartunistas, artistas e sempre me encheu de referências através de livros e de nossas conversas. O universo infantil é a principal fonte de inspiração do meu trabalho. Quando uma criança cria, ela se solta completamente, ela não pára para pensar, simplesmente se solta. Procuro ir por esse caminho também, tentando lembrar-me de como era bom e livre criar nas aulas de arte da escola e em casa, quando passava horas desenhando. Me inspiro muito também em livros infantis antigos, um deles, com certeza é Alice no País das Maravilhas. A estética do meu trabalho é lúdica, infantil, levemente retrô, um trabalho que leva as pessoas diretamente à sua infância. Muitas pessoas já me disseram que se sentem felizes ao ver meu trabalho, sentem-se num sonho. Isso é exatamente o que quero transmitir. Além de desenhar, trabalho com uma técnica muito usada na pré-escola, o papel maché, por isso essa identificação com a infância. Enfim, arte pra mim é uma forma de voltar à infância todos os dias um pouquinho.
 
Além de Porto Alegre, Carol W já teve suas esculturas em PapelMaché expostas em São Paulo (2010), Minas Gerais (2009), e Rio de Janeiro (2006). Participou da CowParade Porto Alegre (2010). Criou ilustrações para campanhas publicitárias de marcas como Schincariol (2008), Univias (2011 e 2012), Tim (2014) e Grendene (2015). Fez 5 exposições individuais sendo que duas delas foram itinerantes: Vida Doméstica: A Cozinha Animada de Carol W (2004), Amigos Imaginários (2007), Meu Reino por um Caramelo! (2009 e 2010), Bibelô (2011) e Eu fico com a Pureza (2013). Fez diversas exposições coletivas. Ilustrou 4 livros infantis: Minha Princesa Africana, de Márcio Vassallo pela editora Abacatte (2011), A Bruxa Casamenteira de Regina Drummond pela editora Zit (2012), De filho para pai de Márcio Vassalo pela editora Abacatte (2013), e recentemente o livro A Professora e o Regador Mágico, de Jonas Ribeiro pela editora Edebe (2015), usando fotos de seus personagens em papel maché para ilustrá-los. Já ministrou diversas oficinas de Papel Maché, inclusive algumas em Portugal, nas cidades de Lisboa, Porto, Leça da Palmeira e Caldas da Rainha entre os meses de abril e maio de 2008.
 
 

CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS PRODUTOS DA CAROL W EM NOSSA LOJA

QUER SER UM CONVIVA?

Entre em contato pelo formulário do rodapé da página.

Copyright 2015 Liberté - contatos@libertecomunicacao.com.br - Painel